Subscreva Newsletter
UNITAANGOLA
Todas notícias
Opini√Ķes
O Papel da Comiss√£o Municipal Eleitoral no Apuramento Provincial dos Resultados Eleitorais - Mihaela Webba
A CNE veio a p√ļblico afirmar que a lei n√£o prev√™ a contagem dos votos a n√≠vel municipal. E disse bem. Alguns cidad√£os, por√©m, a quem a CNE deve servir, criticaram a postura da CNE talvez pelo facto de a sua porta-voz, J√ļlia Ferreira, n√£o ter explicado que, apesar dos votos n√£o serem contados ao n√≠vel do munic√≠pio, a lei atribui √† Comiss√£o Municipal Eleitoral um papel fundamental no processo de apuramento provincial dos resultados eleitorais.
********************
‚ÄúMPLA √© um partido terrorista e de malandros‚ÄĚ, afirma pol√≠tico mo√ßambicano
Maputo - A maioria dos partidos pol√≠ticos mo√ßambicanos, com excep√ß√£o da FRELIMO, considerou abusivas, ofensivas, despropositadas e imiscui√ß√£o nos assuntos internos de um pa√≠s soberano, as declara√ß√Ķes do ministro da Defesa de Angola, Jo√£o Louren√ßo, que em miss√£o de Estado, resvalou para a campanha partid√°ria do MPLA, ofendendo a oposi√ß√£o local e a de Angola, considerando-as de malandros.
********************
Angola, na hora do Reencontro
Dentro de poucos meses ser√° a vez do pa√≠s realizar as suas quartas elei√ß√Ķes gerais. Os angolanos ser√£o chamados pois a escrever com letras que se querem brilhantes, mais uma das p√°ginas da sua hist√≥ria, exprimindo aquilo que desejam venha a ser o seu futuro, atrav√©s da coloca√ß√£o do seu boletim de voto nas urnas, com a sua escolha bem definida e uma determina√ß√£o de a√ßo para seguir o rasto e defender a utilidade do seu voto.
********************
Isa√≠as Dembo explica as condi√ß√Ķes em que morreu seu pai

Não é verdade o que paira por aí a volta do passamento físico de António Sebastião Dembo, então Vice-presidente da UNITA.
********************
Entrevistas
Isaías Samakuva promete governo inclusivo e participativo em Angola
O presidente do maior partido da oposi√ß√£o em Angola, Isa√≠as Samakuva, est√° nos Estados Unidos da Am√©rica para presenciar a tomada de posse do novo presidente norte-americano Donald Trump. A R√°dio Angola contactou o pol√≠tico e em exclusivo concedeu uma entrevista onde fala sobre as elei√ß√Ķes que se avizinham em Angola, com realce para o impedimento do exerc√≠cio do direito ao voto por parte dos angolanos residentes no estrangeiro.
********************
Entrevista do Presidente Isaías Samakuva ao portal Rede Angola
E o l√≠der da oposi√ß√£o vai j√° deixando o aviso para o MPLA, caso tentem fazer em 2017 o que, diz Samakuva, fizeram em 2012: se houver fraude eleitoral, a UNITA retaliar√°: ‚Äúhaveremos de preferir enveredar por outras vias do que permitir que, mais uma vez, uma fraude se verifique em Angola‚ÄĚ.
********************
"A geração que esteve envolvida no conflito ainda não se despiu de alguns preconceitos" - Lukamba Gato
O passado é coisa que o general e deputado Lukamba Gato, 59 anos, já não quer abordar com frequência. Prefere deixar isso para os historiadores, apesar de não conseguir esquecer o percurso que o levou a dirigir a UNITA nos momentos derradeiros do conflito armado...
********************
"Angola tem um Governo praticamente tomado e gerido por ladr√Ķes," dispara Rafael Marques
"Os diamantes angolanos est√£o a beneficiar diretamente a fam√≠lia presidencial e n√£o os cofres do Estado," denuncia o ativista angolano Rafael Marques. Falou √† DW √Āfrica sobre a sua luta conta a corrup√ß√£o em Angola.
********************
Clique aqui -->
CONTRIBUIÇÕES  E  DOAÇÕES
***

Angola é um País independente constituído em Estado de Direito e Democrático, mas os Angolanos continuam escravos de um regime político que faz das potencialidades económicas do País a base de sustentação da sua sobrevivência, vedando as possibilidades de acesso a todos os meios do Estado permitidos por lei para o exercício da oposição.

Esta atitude nefasta do regime pode pôr em causa a democracia e o retorno do País ao estado partidarizado.

A luta pela sobrevivência da liberdade e da democracia em Angola é um dever de cidadania no qual todo o Angolano patriota deve se rever e participar.

Os Estatutos da UNITA abrem assim a possibilidade de todos participarem deste exercício de cidadania, através de contribuições e doações. Estas contribuições e doações estão abertas a fundações, empresas, associações e a pessoas em nome individual que podem fazê-las chegar
ao Partido pelos seguintes meios:

1- Núcleos de Base
2- Comités Locais, Comunais, Municipais ou Provinciais do Partido;
3- Secretariado Nacional de Gestão de Quotas do Partido;
4- Cobradores individuais devidamente credenciados para o efeito;
5- Depósito bancário numa das seguintes Contas de Quotas do Partido:


BFA
1284094630001-KZ 1284094631001-USD - UNITA PARTIDO POLITICO

BCI
6019530/10/001-KZ 6019530/15/001-USD - UNITA-UNIÃO NACIONAL
PARA A INDEPENDENCIA TOTAL DE ANGOLA

BPC
0001-339825-011-KZ 0001-339825-005-USD - UNITA QUOTAS

Informações adicionais:

Telefones: 923519913 - Secretária Nacional de Gestão de Quotas
923404174 - Director Nacional de Gestão de Quotas
Emails: sofiapkm@gmail.com
kassapi@hotmail.com

Endereço:
Secretariado Nacional de Gestão de Quotas / Secretariado Geral do Partido
Bairro São Paulo - Rua Comandante Bula 71-73

A UNITA agradece desde já.

VAMOS CONSTRUIR PARA UMA ANGOLA PARA TODOS JUNTOS PODEMOS MUDAR

O SECRETARIADO NACIONAL DE GESTÃO DE QUOTAS
Facebook Youtube Twitter Contacto
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicac√£o e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
¬©  Copyright 2002-2013
Terça-feira, 25 de Abril de 2017