Todas notícias
Opiniões
Autarquias e gradualismo: unicidade ou bifurcação do Estado (II)- Por Nelson Pestana e Aslak Orre
O “gradualismo” promete a criação de mais autarquias, mas estas não vão chegar às zonas rurais num tempo próximo. Ao contrário, são dois sistemas de governação local que caminham, gradualmente, em dois sentidos diferentes.
********************
Fim de ciclo: Lampelos inintelegiveis de João Melo -Por Raul Diniz
Assistimos nos últimos dias o deputado do MPLA/JES João de Melo quebrar o silêncio para sem surpresa alguma defender o regime que representa e defende ao longo de todas as legislaturas, primeiro na irônica assembleia do povo “partido único” e depois na espetacular legislação advinda das fraudulentas eleições ocorridas no país.
********************
Eles estão a monstrualizar a sociedade - Por William Tonet
Não passou muito tempo e numa atitude, tipicamente colonial de expulsar para longe das cidades os pretos (não se trata de racismo, mas realismo), infelizmente é a realidade, pois enquanto maioria da população, são eles sempre os alvos destas escabrosas injustiças.
********************
Somente uma resistência interna sólida poderá esmagar o regime de JES – Por Fernando Vumby
Somos muitos os jovens de ontem , que quando entramos para o MPLA nunca tínhamos imaginado que este se tornaria na coisa tão ruim que é hoje , e nem que teria um presidente tão cruel que se diverte tanto com a morte e o sofrimento dos angolanos.
********************
Entrevistas
"Angola tem um Governo praticamente tomado e gerido por ladrões," dispara Rafael Marques
"Os diamantes angolanos estão a beneficiar diretamente a família presidencial e não os cofres do Estado," denuncia o ativista angolano Rafael Marques. Falou à DW África sobre a sua luta conta a corrupção em Angola.
********************
Mfuka Muzemba suspenso por 24 meses das funções de secretário da JURA e da Direcção da UNITA
A decisão saiu da reunião Extraordinária do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA, realizada esta sexta-feira 6 de Setembro de 2013, em Luanda e foi tomada sob proposta do Conselho Nacional de Jurisdição, que apresentou o seu relatório sobre o caso Mfuka Muzemba ao órgão de direcção.
********************
Mais um jornalista é levado a tribunal em Angola
O jornalista e ativista angolano Domingos da Cruz vai sentar-se no banco dos réus, esta sexta-feira (06.09), após sucessivos adiamentos. É acusado pela Procuradoria-Geral da República de incitamento à guerra e violência.
********************
Entrevista do Presidente da UNITA, Isaías Samakuva à RTP
O Presidente da UNITA, Isaías Samakuva concedeu entrevista à RTP-Africa, em que aborda, sem rodeios, os factos que caracterizam a situação vigente no país. Pela actualidade e pertinência dos assuntos levantados, unitaangola publica na íntegra o texto da mesma entrevista.
********************
Clique aqui -->
CONTRIBUIÇÕES  E  DOAÇÕES
***

Angola é um País independente constituído em Estado de Direito e Democrático, mas os Angolanos continuam escravos de um regime político que faz das potencialidades económicas do País a base de sustentação da sua sobrevivência, vedando as possibilidades de acesso a todos os meios do Estado permitidos por lei para o exercício da oposição.

Esta atitude nefasta do regime pode pôr em causa a democracia e o retorno do País ao estado partidarizado.

A luta pela sobrevivência da liberdade e da democracia em Angola é um dever de cidadania no qual todo o Angolano patriota deve se rever e participar.

Os Estatutos da UNITA abrem assim a possibilidade de todos participarem deste exercício de cidadania, através de contribuições e doações. Estas contribuições e doações estão abertas a fundações, empresas, associações e a pessoas em nome individual que podem fazê-las chegar
ao Partido pelos seguintes meios:

1- Núcleos de Base
2- Comités Locais, Comunais, Municipais ou Provinciais do Partido;
3- Secretariado Nacional de Gestão de Quotas do Partido;
4- Cobradores individuais devidamente credenciados para o efeito;
5- Depósito bancário numa das seguintes Contas de Quotas do Partido:


BFA
1284094630001-KZ 1284094631001-USD - UNITA PARTIDO POLITICO

BCI
6019530/10/001-KZ 6019530/15/001-USD - UNITA-UNIÃO NACIONAL
PARA A INDEPENDENCIA TOTAL DE ANGOLA

BPC
0001-339825-011-KZ 0001-339825-005-USD - UNITA QUOTAS

Informações adicionais:

Telefones: 923519913 - Secretária Nacional de Gestão de Quotas
923404174 - Director Nacional de Gestão de Quotas
Emails: sofiapkm@gmail.com
kassapi@hotmail.com

Endereço:
Secretariado Nacional de Gestão de Quotas / Secretariado Geral do Partido
Bairro São Paulo - Rua Comandante Bula 71-73

A UNITA agradece desde já.

VAMOS CONSTRUIR PARA UMA ANGOLA PARA TODOS JUNTOS PODEMOS MUDAR

O SECRETARIADO NACIONAL DE GESTÃO DE QUOTAS
Facebook Youtube Twitter Contacto
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Quinta-feira, 24 de Abril de 2014