UNITAANGOLA
Acordos Comunicados Discursos Estatutos Manifesto Memorando Regulamento
Discurso do Presidente Samakuva na Cerimónia de Cumprimentos de fim de Ano
O ano que agora finda foi marcante, histórico e excitante para o nosso país político: o Presidente José Eduardo dos Santos deixou a chefia do Estado, a Comissão Nacional Eleitoral anunciou resultados que ela própria não produziu, e o novo Presidente assim investido procura afirmar-se como Presidente de uma República e combater a corrupção institucionalizada.
N
22/12/2017
João Marques N’tiama vai a enterrar na sua aldeia natal
Os restos mortais do Deputado e secretário provincial da UNITA, no Zaire, João Marques N’tiama, descem hoje à sepultura, no Cemitério da sua aldeia natal, Nkiende, a 30 quilómetros de Mbanza Kongo.

João Marques N’tiama faleceu dia 9 de Dezembro de 2017, na África do Sul, vítima de doença.

A urna contendo os seus restos mortais chegou dia 20 em Luanda, tendo sido velada durante a noite, no salão de reuniões do Sovsmo, numa cerimónia que contou com a presença do Presidente da UNITA, Isaías Samakuva, membros da direcção e dos órgãos de base do Partido e de familiares e amigos do malogrado.

O Secretário-geral da UNITA, Franco Marcolino Nhany que fez o elogio fúnebre destacou as qualidades do malogrado, no cumprimento de várias missões, nas diferentes etapas da luta da UNITA.

Por seu turno, o Secretário da Comissão Política que procedeu a leitura da biografia de João Marques N’tiama descorreu sobre o seu percurso que começou com o ingresso para as ileiras da UNITA, em 1981, na então República do Zaire, onde o falecido se encontrava com os seus pais. Teve passagens pela clandestinidade, representou a UNITA na Universidade em que estudou e trabalhou na Voz de Resistência do Galo Negro, como realizador e locutor dos Programas em Francês e Kikongo.

No Grupo Parlamentar da UNITA exerceu o cargo de primeiro secretário na legislatura de 2012-2017, quando foi eleito Deputado à Assembleia Nacional pela primeira vez. Até a sua morte, João Marques N’tiama exerceu o cargo de secretário Provincial da UNITA, no Zaire.

Os Colegas do grupo parlamentar da UNITA e do agrupamento musical “Estamos a Voltar” ao qual pertenceu, enalteceram as virtudes e o contributo do malogrado à cultura nacional.

Simão Dembo, Emanuel Bianco e Zenito Colino homenageram João Marques N’tiama, cantando para os presentes, uma das várias composições do falecido com o título “Na hora da separação”.

Várias figuras do Partido fizeram depoimentos sobre a vida e obra de João Marques N’tiama.

Ler mais
Em destaque
Esclarecimento oportuno sobre a Deliberação da Comissão Política Comunicado Final da III Reunião da Comissão Política da UNITA
22/12/2017
17/12/2017
Ao contrário do que algumas pessoas veicularam nas redes sociais e nos écrans de televisão, o Dr. Isaías Samakuva é uma pessoa plena de valores ético-morais, séria, humilde e disciplinada perante as normas da organização em que está inserido. Aliás, só por isso tem merecido carinho e reiterada escolha dos militantes em sucessivos Congressos em que renovou o mandato, e dos angolanos que têm votado nas propostas eleitorais da UNITA.
Num universo de 196 membros presentes, 3 votaram nulo, o que corresponde a 1,53%, 24 votaram contra, o que corresponde a 12,24 % e 169 votaram a favor do cumprimento do seu mandato, o que corresponde a 86,23%.
Samakuva daria num bom presidente e votar no João Lourenço é trair povo angolano “MPLA é um partido terrorista e de malandros”, afirma político moçambicano
Vivo fora de Angola há mais de 35 anos , mas ainda assim vivo o país com grande intensidade todos os dias , horas , minutos , segundos e não estaria a exagerar se disser aqui que tenho observado com grande precisão os nossos políticos ligados ao regime assim como os da oposição , enfim tal qual a postura e comportamento de cada um deles. Maputo - A maioria dos partidos políticos moçambicanos, com excepção da FRELIMO, considerou abusivas, ofensivas, despropositadas e imiscuição nos assuntos internos de um país soberano, as declarações do ministro da Defesa de Angola, João Lourenço, que em missão de Estado, resvalou para a campanha partidária do MPLA, ofendendo a oposição local e a de Angola, considerando-as de malandros.
Que mensagem traz João Lourenço às populações de Cabinda? Estêvão Neto Pedro
UNITA aprova Regulamento de candidatura a Deputado
Nos últimos momentos, temo-nos deparado com uma forte movimentação das FAA, da Polícia Nacional e da Segurança do Estado, nos bairros periféricos da Cidade de Cabinda. A movimentação de tropas e civis, de Luanda para Cabinda, tem como propósito dar cobertura ao vazio que tem sido preenchido pelos alunos e funcionários públicos, obrigados e ameaçados com penalizações graves quando não participassem nas actividades políticas do MPLA.
De acordo com o Comunicado tornado público esta segunda-feira, a o Comité Permanente estabeleceu o período de 27 de Março a 08 de Abril de 2017, para a realização das Conferências Provinciais, que irão eleger os candidatos filiados na UNITA e mandatou o Presidente do Partido para elaborar a lista final, nos termos dos Estatutos.
João Pinto quer que Samakuva alimente os jacarés Por Orlando Castro As inverdades do Dr. Adão de Almeida - Vitorino Nhany
João Pinto, jurista e deputado do MPLA (entre outras impolutas características), diz que as declarações feitas pelo líder da UNITA, Isaías Samakuva, em Portugal, são graves e irresponsáveis. Mais uma vez limitou-se a dizer o que lhe mandaram dizer Muito atentamente acompanhei o Telejornal das 20 horas do dia 20 - 04 - 17, da TPA, sobre a suposta instrução de duplo registo dada ao cidadão Ernesto João Manuel, pela UNITA!
Eco do Partido Campo do militante
Líder da UNITA garante fim da discriminação no GIP O Papel da Comissão Municipal Eleitoral no Apuramento Provincial dos Resultados Eleitorais - Mihaela Webba
O Presidente da UNITA, Isaías Samakuva, trabalhou esta quarta-feira 26 de Julho de 2017, na capital do Bengo, Caxito, tendo discursado para as populações locais. A CNE veio a público afirmar que a lei não prevê a contagem dos votos a nível municipal. E disse bem. Alguns cidadãos, porém, a quem a CNE deve servir, criticaram a postura da CNE talvez pelo facto de a sua porta-voz, Júlia Ferreira, não ter explicado que, apesar dos votos não serem contados ao nível do município, a lei atribui à Comissão Municipal Eleitoral um papel fundamental no processo de apuramento provincial dos resultados eleitorais.
Intolerância
Palavra do Presidente
Presidente Samakuva enaltece heroísmo da mulher angolana
A LIMA encerrou este sábado a quadra festiva alusiva ao seu 42º aniversário, em cerimónia realizada no Complexo Sovsmo, em Viana, na presença de várias individualidades e membros do Partido.

Convidado a proferir o discurso de encerramento da quadra comemorativa, o Presidente da UNITA, Isaías Samakuva começou por agradecer o convite, o programa em si e a presença de várias mulheres que se destacaram na luta de libertação como participes activas.

Depois de fazer referência às lutas das mulheres no mundo pela sua emancipação, o líder da UNITA enalteceu o papel que a mulher enquadrada na LIMA tem desempenhado para merecer um lugar ao sol.

Olhando para a realidade social e económica das populações angolanas, em especial das mulheres, Isaías Samakuva disse acreditar haver maior vontade de se inverter o quadro, tendo convidado os membros do Partido e da LIMA em particular a ir ao encontros das pessoas que sofrem e convencê-las a integrarem o movimento para a mudança.

“Os angolanos podem ter uma vida melhor”, disse o mais alto dirigente da UNITA, para quem é preciso travar batalhas para se conquistar o que se deseja.
Ler mais
grupo parlamentar - actividade
Grupo Parlamentar da UNITA recebe subsídios de Jornalistas e Líderes de Opinião
O Presidente do Grupo Parlamentar da UNITA, Adalberto Costa Júnior agradeceu as contribuições recebidas de Jornalistas e Líderes de opinião, durante o encontro mantido sabado passado na Barra do Dande.

Questões relacionadas com as autarquias locais, revisão constitucional, liberdade de imprensa, a transmissão dos debates da Assembleia Nacional, a necessidade de responsabilização dos implicados em escândalos financeiros que prejudicaram a economia nacional e a liderança da UNITA, absorveram as atenções dos jornalistas e líderes de opinião, que deixaram sugestões valiosas ao Grupo Parlamentares da UNITA, na perspectiva deste ter um maior desempenho durante o ano que começa.

Na ocasião, Adalberto Costa Júnior informou aos seus interlocutores os vários obsatáculos que travam o bom desempenho dos parlamentares na Casa das Leis, dos quais a falta de disponibilidade da bancada parlamentar do MPLA para a criação de consensos, a falta de sensibilidade da direcção da Assembleia Nacional perante questões de interesse nacional.

O líder parlamentar lamentou, por exemplo, o facto de até aqui não ter sido formalizado o pedido da Constituição de uma Comissão Parlamentar de Inquérito ao Fundo Soberano de Angola.

Segundo o parlamentar a exoneração dos responsáveis do FSA não altera a necessidade da realização do inquérito.

Ler mais
L.i.m.a - actividades
LIMA apela Transparência Eleitoral para Salvaguarda da Estabilidade Nacional
Sob o lema “ LIMA- Unida na Mobilização para Vitória, realizou- se em Luanda no dia 10 de Março do ano em curso, a II Reunião Ordinária do Comité Nacional da Liga da Mulher Angolana, organização feminina da UNITA.

O acto de abertura foi presidido por Isaías Samakuva, Presidente da UNITA, e teve como objectivo, avaliar o cumprimento dos programas , decisões e estratégias emanadas no seu III Congresso.

Falando para as delegadas, o Presidente do Partido começou por enaltecer o papel da LIMA, tendo a considerado como uma máquina eleitoral permanente e que tem pela frente apenas quatro meses até a realização das eleições gerais.

Reafirmou ainda o Presidente da UNITA que, “ A mulher integrada na LIMA ocupa uma posição estratégica, pelo que, deverá melhorar a organização partidária e intensificar a mobilização”.

Depois de acalorados debates, as 190 delegadas dos 251 membros que compõe o órgão feminino da UNITA, concluiram que, é preciso apelar que todas as Mulheres participem do processo eleitoral em curso no país, insta aos órgãos encarregues do processo eleitoral, a observarem as normas de transparência e ética para a salvaguarda da estabilidade nacional.

O Comité Nacional da LIMA, condena a exclusão social e intolerância política que assola o país, apoia e encoraja o Dr Samakuva Presidente da UNITA e candidato à presidência da República nas eleições de Agosto próximo.

Orientou os trabalhos a Presidente Nacional da LIMA, Helena Bonguela Abel, e o acto de encerramento coube ao Secretário Geral da UNITA, Franco Marcolino Nhany.

Ler mais
Vídeos
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
Opiniões
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Entrevistas
Facebook Youtube Twitter Contacto
Subscreva Newsletter
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018